#notícias


Fazendeiro é preso com 192 cabeças de gado furtadas de fazendas de MT

Operação ocorreu entre quarta (7) e quinta-feira (8) em Morrinhos, Goiás. Quadrilha comprou 292 cabeças de gado com cheques sem fundos.

Fazendeiro de Goiás foi preso com 192 cabeças de gado furtadas de fazendas de Mato Grosso (Foto: Assessoria/Polícia Civil de MT)

Um fazendeiro, de 51 anos, foi preso em Morrinhos, Goiás, com 192 cabeças de gado que foram furtadas de fazendas de Mato Grosso. Uma operação da Polícia Civil, chamada 'Stellionatus Pecus', descobriu o furto de 292 cabeças de gado, que foram compradas por uma quadrilha que pagava com cheques sem fundos.

A operação ocorreu entre quarta (7) e quinta-feira (8). A organização criminosa aplicou golpe de mais de R$ 2 milhões na compra de gado da raça nelore.

O fazendeiro negou a participação nos crimes e alegou ter boa-fé. No entanto, o delegado responsável pelo caso, Ruy Guilherme Peral da Silva, acredita que há fortes indícios da participação do suspeito.

A operação foi feita em Morrinhos, após denúncia de quatro proprietários de fazendas dos municípios mato-grossenses de Nova Canaã do Norte, Monte Verde, Carlinda e Colíder, que denunciaram a venda do gado, sem recebimento do pagamento.

Operação ocorreu entre quarta (7) e quinta-feira (8) em Morrinhos, Goiás (Foto: Assessoria/Polícia Civil de MT)Operação ocorreu entre quarta (7) e quinta-feira (8) em Morrinhos, Goiás (Foto: Assessoria/Polícia Civil de MT)

Além das 192 cabeças de gado que estavam com o fazendeiro, a polícia também confiscou outras 100 cabeças de gado, totalizando 292 animais. Ao longo da investigação, foi descoberto que 202 cabeças de gado foram levadas para Morrinhos e compradas pelo fazendeiro pelo valor de R$ 195 mil, à vista, que, a posteriormente, fez a revenda a outros produtores locais.

O fazendeiro estava com mandado de prisão preventiva decretada por suspeita de integrar a organização criminosa que aplicou golpes em propriedades de várias cidades de Mato Grosso: Nova Canaã do Norte, Colíder, Nova BandeirantesApiacásPrimavera do Leste e Barra do Garças.

Operação Stellionatus Pecus (Foto: Assessoria/Polícia Civil de MT)Operação Stellionatus Pecus (Foto: Assessoria/Polícia Civil de MT)

O gado foi apreendido por determinação da Justiça de Mato Grosso, que expediu mandado de apreensão e sequestro para ressarcimento das vítimas identificadas na investigação.

Um funcionário da fazenda foi autuado em flagrante na posse de uma espingarda calibre 32. Em Morrinhos foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão em propriedades rurais. Três homens são considerados foragidos.

 

Fonte; G1